As prioridades do Governo Flávio Dino para 2022

É bem verdade que Flávio Dino deixará o Governo do Maranhão a partir de abril de 2022, mas irá se despedir priorizando alguns seguimentos, não tão essenciais, em detrimentos de outros que deveriam ser prioridades.

No Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022, já encaminhado pelo Executivo à Assembleia Legislativa, o governador deixa bem claro as suas prioridades para o ano que vem e apenas reflete a tônica da sua gestão nesses últimos sete anos.

Na Segurança Pública, um dos principais gargalos do Governo Dino, está previsto uma diminuição no Orçamento para 2022. Em 2021, o valor destinado ao setor foi de R$ 565,5 milhões, mas para o ano que vem será de R$ 485.5 milhões, ou seja, uma redução de R$ 71 milhões. O valor de 2022 também é menor que 2020, que foi de R$ 525,6 milhões.

O PLOA também prevê um corte no Orçamento do Esporte de cerca de 12%, o que corresponderá a 5,3 milhões a menos. A proposta aponta R$ 34,2 milhões no Orçamento para o próximo ano, contra os R$ 39,5 milhões em 2021.

Contramão – Em contrapartida, na contramão da redução do Orçamento da Segurança e também do Esporte, está a Comunicação. A Secretaria de Comunicação e Articulação Política do Governo Dino recebeu neste ano R$ 88,9 milhões. Para 2022, as pastas foram desmembradas, a Comunicação irá receber R$ 77,6 milhões, enquanto que a Articulação Política terá direito a R$ 22,5 milhões.

Somando-se o valor das duas pastas, que neste ano estavam unificadas, o valor de 2022 é quase R$ 12 milhões a mais que em 2021.

E assim, Flávio Dino deixa bem claro o que é e o que não é prioridade na sua gestão.

Deixe um comentário