Moro inicia tratamento com fonoaudiólogo

O ex-juiz Sérgio Moro está realizando um tratamento em fonoaudiologia para que sua voz soe menos desagradável aos ouvidos dos seus possíveis eleitores.

A fonoaudióloga Leny Kyrillos, responsável pela preparação da voz dos profissionais de jornalismo da Globo, está acompanhando Moro nesse tratamento. No entanto, ela não terá uma tarefa fácil: mudar aquela dicção, que fez com que o aspirante a político ficasse conhecido como “marreco”, será um trabalho exaustivo.

E o próprio “conje” sabe disso. No seu discurso de filiação ao Podemos no último dia 10, por exemplo, ele afirmou que não tem prática com discursos e que as pessoas reclamam da sua voz.

Não é à toa que o ex-magistrado está buscando a ajuda de outros profissionais que o auxilie também sobre como se vestir e os gestos a serem utilizados diante do público. Tudo para tentar desconstruir a sua antiga imagem e se apresentar como uma figura mais palatável para as eleições do próximo ano.

Econométrica confirma que Weverton é a melhor chance de Flávio Dino

A pesquisa Econométrica divulgada na terça-feira (09) pelo Sistema Difusora de Comunicação mostra que o senador Weverton Rocha, do PDT, é quem reúne as melhores condições de dar continuidade ao legado de Flávio Dino (PSB) à frente do Palácio dos Leões.

Quando considerada a pré-candidatura da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), Weverton aparece tecnicamente empatado na liderança da disputa pelo Governo do Maranhão. Nos cenários em que a filha do “ex-oligarca” José Sarney (MDB) não aparece, o senador pedetista assume a liderança de vez, com duas vezes mais intenções de votos do que o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Brandão, aliás, “passa sufoco” para superar os demais opositores do governador, aparecendo quase empatado com os ex-aliados Roberto Rocha (sem partido) e Edivaldo Holanda Junior (PSD). Até o sibilino Lahésio Bonfim, prefeito da minúscula São Pedro dos Crentes e inimigo figadal de Dino, figura tecnicamente empatado com o vice de Colinas.

Apesar da pirotecnia e do lobby do governador em seu favor, Felipe Camarão (PT) decepciona, sendo superado por Josimar de Maranhãozinho (PL) e superando apenas o lanterna Simplício Araújo (Solidariedade). Se somadas, as intenções de votos de Camarão e Simplício sequer superam os índices de Maranhãozinho, que rompeu recentemente com o grupo governista. Aliás, mais se aproximam da margem de erro da pesquisa.

Recentemente, Dino reafirmou os critérios estabelecidos em julho para escolha do sucessor: identificação ideológica com os programas da atual gestão, capacidade de agregação política e potencial eleitoral. O chefe do Executivo estadual também confirmou para este mês a decisão sobre o nome a ser apoiado por toda a sua base aliada.

Além de atender o critério “quantitativo”, o pré-candidato pedetista é apoiado por maior parte do colegiado de partidos governistas e o único capaz de reunir os programas de Lula e Dino no mesmo palanque.

A julgar por estes fatores, não há motivos para postergar a escolha, como querem Brandão, Simplício e Felipe Camarão.

EXONERAÇÃO DE EMÍLIO MATOS DO HOSPITAL GERAL MUNICIPAL (HGM) É COMEMORADA POR MUITOS CODOENSES

Emilio Matos foi demitido pelo o próprio prefeito de Codó Dr José Francisco, do Hospital Geral Municipal de CODÓ (HGM). Ele foi demitido ontem, sexta feira dia 12.

Foram muitas críticas, denuncias, mortes de crianças, pessoas amarradas em leitos que acabaram morrendo em seguida, abandonos e muito mais.

A  desestruturação da cena!!!

O hospital HGM tinha se tornado um Óbito 24hs.  Os Codoenses já não procuravam mais a saúde de Codó e começaram a lotar  a cidade de Timbiras procurando um conforto no hospital de lá e ainda continua igual, 90% dos atendimentos em Timbiras são de Codoenses desde de janeiro até agora.

Emilio Matos não aceitava críticas, demitia seus próprios funcionários achando que eles denunciavam as ações do hospital no blog da Ramyria Santiago. Era rancoroso, desorganizado e não sabia administrar um hospital no porte do  HGM de Codó. A pior admiração de todos os tempos, em todos os governos, CODÓ nunca foi tão maltratado ao chegar no hospital HGM. Emilio sai pelas portas dos fundos do hospital.

Em nota, Emílio Matos disse que fez um excelente trabalho no hospital e o prefeito de Codó teria feito um acordo com ele,  para que ele fosse pra secretária de Educação, ao lado de Raquel Paula. O prefeito de Codó já estava querendo tirar Emilio devido as grandes denuncias contra e muitas reclamações.

Nossa opinião

Por incrível que pareça, com a exoneração de Emílio Matos, a péssima administração de Zé Francisco mais ganha do que  perde, uma vez que Emílio era o pivor das principais reclamações envolvendo o HGM e estava fazendo um péssimo trabalho à frende da Direção do HGM. Talvez esta tenha sido a atitude mais pensada do governo desastroso Zé Francisco. Emílio também vinha fazendo uma gestão perseguidora no HGM, com atitudes arbitrárias, opressoras e antidemocráticas, tipo estilo Zé Francisco e Irene Neres.

Fonte: Blog da Ramyria, com pequenas adaptações.

 

Lula vence todos os adversários, indica pesquisa Ideia Exame

A pesquisa Exame/Ideia apontou que o ex-presidente Lula lidera a disputa para a eleição de 2022, com 35% dos votos. Na simulação de segundo turno, o petista atinge pontuação acima de 45% e ganha de todos os adversários

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

De acordo com o levantamento, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) apareceu na terceira posição, com 7% do eleitorado. Em quarto lugar ficou o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), com 5%.

Pesquisa Exame/Ideia apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a disputa para a eleição de 2022, com 35% dos votos, seguido por Jair Bolsonaro, com 25%.

Os dados mostraram que os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ambos do PSDB, alcançam 2% cada – eles disputarão as prévias das eleições.

Pesquisa Exame/Ideia apontou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a disputa para a eleição de 2022, com 35% dos votos, seguido por Jair Bolsonaro, com 25%.

De acordo com o levantamento, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) apareceu na terceira posição, com 7% do eleitorado. Em quarto lugar ficou o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), com 5%.

Os dados mostraram que os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ambos do PSDB, alcançam 2% cada – eles disputarão as prévias das eleições.

De acordo com o levantamento, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) apareceu na terceira posição, com 7% do eleitorado. Em quarto lugar ficou o ex-juiz Sérgio Moro (Podemos), com 5%.

Os dados mostraram que os governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ambos do PSDB, alcançam 2% cada – eles disputarão as prévias das eleições.

O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM), o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e Cabo Daciolo (PMB) têm 1% cada.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) e o cientista político Luiz Felipe d’Avila não pontuaram.

Brancos e nulos somaram 8%, e não souberam ou não responderam, 12%.

O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM), o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e Cabo Daciolo (PMB) têm 1% cada.

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) e o cientista político Luiz Felipe d’Avila não pontuaram.

Brancos e nulos somaram 8%, e não souberam ou não responderam, 12%.

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, o ex-presidente Lula vence Bolsonaro por 48% a 31%.

Contra Doria, o petista ganha por 50% a 22%.

O ex-presidente também supera Eduardo Leite (48 a 42)

No confronto com Sérgio Moro, Lula vence por 47% a 25%.

Contra Ciro Gomes, o petista alcança 44% e o pedetista, 31%.

No confronto com Sérgio Moro, Lula vence por 47% a 25%.

Contra Ciro Gomes, o petista alcança 44% e o pedetista, 31%.

A pesquisa ouviu 1.200 pessoas entre os dias 9 a 11 de novembro. As entrevistas foram feitas por telefone. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

 

 

 

 

 


VEJA O VÍDEO: Buracos na passarela de Codó podem matar um cidadão a qualquer momento

A situação da Passarela de Codó chegou ao extremo. O blogdoacelio esteve no local e sentiu de perto o medo que qualquer cidadão sente ao mudar o passo entre um buraco e outro deixado pela falta de tábuas.

Acompanhamos uma idosa com seus filhos e outros moradores da Trizidela na hora em que tentavam chegar no lado do bairro São Benedito. O risco é iminente, qualquer descuido pode ser fatal.

Nós entrevistamos pessoas e quisemos saber o porquê de, mesmo estando a passarela com uma enorme placa avisando de sua interdição para reforma, elas continuam utilizando-a todos os dias. A resposta é óbvia e única – necessidade.

A passarela encurta o caminho, sem ela é preciso fazer uma caminhada enorme até a ponte de concreto.

Há relatos de que as tábuas que estão fazendo falta não foram retiradas por vândalos foi por funcionários da própria Secretaria de Infraestrutura que interditou, porém nunca mais voltou ao local.

PT deve pedir adiamento de anúncio de candidato do governo

O Partido dos Trabalhadores parece mesmo pouco interessado em que o governador Flávio Dino (PSB) anuncie até o fim deste mês o candidato do seu grupo ao Governo do Maranhão.

Seguem na disputa o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), o senador Weverton Rocha (PDT), o secretário de Educação, Felipe Camarão (PT), e o de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo (SD), e o socialista já anunciou que “aproxima-se a hora de definições”.

Nesta quinta-feira, 11, contudo, o vice-presidente nacional do PT deve solicitar diretamente ao governador extensão do prazo.

Os petistas pretendem reforçar a pré-campanha de Felipe Camarão até o fim do ano, e esperam que ele já esteja na casa dos dois dígitos nas pesquisas em janeiro. E acreditam que, se uma decisão sair mais tarde, ele pode ser beneficiado.

Com vice-prefeita eleita na chapa de Eduardo Braide, PSD se fortalece em São Luís

Esmênia Miranda

Com a eleição da vice-prefeita eleita na chapa do deputado federal Eduardo Braide, o PSD (Partido Social Democrático) se fortalece em São Luís. A vice-prefeita eleita de São Luís na chapa de Eduardo Braide é Esmênia Miranda, filiada ao PSD, negra, professora, concursada da Polícia Militar e sem histórico político. Esmênia Miranda é natural de Bacabal-Ma, mas mora em São Luís há 19 anos.

Em São Pedro dos Crentes, PSL elege prefeito e todos os vereadores da Câmara

O PSL, partido pelo qual o presidente Jair Bolsonaro foi eleito em 2018 e do qual se desfiliou em novembro do ano passado, conseguiu conquistar a prefeitura e todas as vagas da Câmara de Vereadores de São Pedro dos Crentes nas eleições de 2020. Com isso, os poderes Executivo e Legislativo do município maranhense de 4,6 mil moradores serão integralmente controlados por apenas este partido político, a partir de 2021. Os dados são no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Para a prefeitura, a população reelegeu o médico Lahésio Bonfim (à direita), símbolo de resistência ao governador Flávio Dino (PCdoB) e que no pleito anterior era do PSDB, com 90,11% dos votos. A adversária dele na disputa, Leila Coutinho (Republicanos), teve apenas 9,89%.

Já para a Câmara, levaram a melhor Eliane Cigana, Asaf Sobrinho, GE do Pedro, Flávio do Vale, Jessione, João Filho, Zeca da Senhora, Iolanda e Tania Mendes. Destes, cinco (Eliane, Jessione, João Filho, Iolanda e Tania Mendes) foram eleitos pela primeira vez. GE do Pedro, Flávio do Vale e Zeca da Senhora vão para o segundo mandato eletivo, e Asaf Sobrinho para o quarto.

O petista Roberto Vargas, que também tentava a quarta eleição para a Câmara Municipal de São Pedro dos Crentes, apesar de ter conquistado 227 votos, quantidade superior aos votos depositados em três candidatos que foram eleitos pelo PSL por quociente partidário (votos do partido ou coligação divididos pelo quociente eleitoral), não conseguiu se reeleger.

De acordo com os dados da Justiça Eleitoral, apenas 96,86% do eleitorado que compareceu às urnas votou em um dos concorrentes à prefeitura e à Câmara no pleito municipal deste ano. 2,62% votou nulo e 0,52% branco.

O PSL é comandado no Maranhão pelo vereador de São Luís, Francisco Carvalho (de camisa azul)

Fonte: L. Cardoso

Governador antecipa pagamento dos servidores estaduais para os dias 27 e 28

O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou nesta segunda-feira (23), pelas redes sociais, que o pagamento dos servidores públicos estaduais referente ao mês de novembro, será antecipado para os dias 27 e 28 próximos.

“O pagamento das remunerações dos servidores do @GovernoMA relativas a novembro de 2020, será feito:
Dia 27 – aposentados e pensionistas
Dia 28 – administração direta e indireta”, postou o governador.

Fonte: B. Minard