Codó completará seus 126 anos de emancipação política com resquícios de machismo entranhados na sua história

Por Marcos Freitas– Codó completará seus 126 anos de emancipação política com resquícios de machismo entranhados em sua história.

Codó completará neste sábado (16 de abril) seus 126 anos de emancipação política, mas pela própria história do município é possível observar resquícios de machismo, uma vez que a presença feminina em cargo público eletivo ainda é pouquíssima.

Embora a legislação eleitoral já obrigar a cota feminina e até determinar que um certo percentual do fundo partidário seja exclusivamente destinado para as candidaturas femininas, ainda há pouquíssima participação feminina quando o assunto é ocupação de cargo público eletivo.

Codó chega a 126 anos de emancipação política e de 19 vereadores eleitos, apenas uma mulher ocupa uma cadeira no Legislativo Municipal. Codó aniversaria seus 126 de emancipação política, mas não consta ainda em sua existência sequer um nome de uma mulher que ocupou o Executivo Municipal. É preciso incentivar mais e mais a presença feminina na política.

Deixe um comentário