Corpo de advogado desaparecido no Piauí é encontrado no mar, no interior do Maranhão

Segundo a Polícia Civil, parentes conseguiram identificar o advogado por meio de uma tatuagem.

Equipes da Capitania dos Portos do Brasil e do Corpo de Bombeiros encontram o corpo do advogado Raimundo José Costa Siqueira neste sábado (23), em avançado estado de putrefação, na praia de Humberto de Campos, no estado do Maranhão.

Acima o local onde o corpo foi encontrado.

De acordo com o delegado Aldely Fontenele, responsável pelas investigações, o corpo estava sendo analisado e foi confirmado que era o advogado após parentes identificarem uma tatuagem da vítima.

“Parentes reconheceram-no como sendo do advogado Raimundo José Costa Siqueira, após analisarem uma tatuagem. O corpo foi encontrado pela Capitania dos Portos do Brasil e o Corpo de Bombeiros e o Instituto de Medicina Legal maranhenses foram acionados”, informou o delegado.

Ainda conforme o delegado Aldely Fontenele, o cadáver ainda deve passar por análise dos peritos da Polícia Civil e logo depois será liberado para que os familiares realizem o sepultamento de Raimundo Siqueira.

“Os restos mortais serão submetidos a exame de DNA e posteriormente entregues aos familiares para sepultamento. O achado de cadáver confirma a linha de investigação da Polícia Civil do Piauí, na qual o corpo foi jogado em alto-mar para dificultar as investigações”, detalhou.

Entenda o caso

O advogado Raimundo Siqueira estava desaparecido desde o dia 6 de abril deste ano, quando estava com um cabo da Polícia Militar. Ambos foram abordados por volta de 20h, por criminosos armados com fuzis, que os obrigaram a descer do carro e teriam efetuado pelo menos cinco disparos de arma de fogo contra o advogado e um tiro na perna do policial, que conseguiu se esconder em um matagal e pedir socorro.

O cabo da Polícia Militar do Piauí, que foi identificado como Anderson Lustosa de Castro, fez uma delação premiada e declinou o que aconteceu na noite de 6 de abril. Após o crime, o advogado desapareceu e seu veículo, de modelo S10, foi encontrado no dia 7 de abril carbonizado na cidade de Chaval, no estado do Ceará.

 

Do GP1

Deixe um comentário