Ministro “terrivelmente evangélico” votou pela condenação do deputado bolsonarista

Integrantes da Frente Parlamentar Evangélica reagiram, nesta quarta-feira (20/4), ao voto do ministro André Mendonça(na foto acima) pela condenação do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) durante julgamento no STF.

Questionado pela coluna sobre a posição de Mendonça, o presidente da frente, deputado Sóstenes Cavalcante, do PL do RJ (na foto logo acima), respondeu: “Parabéns ao ministro Kassio (Nunes) Marques. Um voto lúcido e defensor da liberdade e da democracia”.

Indicado ao STF por Jair Bolsonaro assim como Mendonça, Nunes Marques foi o único integrante da Corte a votar a favor de Silveira. Todos os outros 10 ministros votaram para condenar o parlamentar a prisão por ataques a membros do Supremo.

Nos bastidores, outros membros da frente evangélica dizem que o voto de Mendonça os “decepcionou”. Eles lembram que o ministro foi indicado por Bolsonaro por ser “terrivelmente evangélico” e contou com a ajuda da bancada para ser aprovado pelo Senado.

“Terrivelmente desapontado”

Também integrante da frente evangélica, o deputado Marco Feliciano (PL-SP) fez um trocadilho nas redes sociais para criticar o voto de Mendonça. Sem citar diretamente o ministro, o parlamentar escreveu estar “terrivelmente desapontado”.

 

Da coluna do Igor Gadelha

Deixe um comentário